Blog

yoga estilo emoções e objetivos
Yoga: estilos, emoções e objetivos

Yoga: estilos, emoções e objetivos

Visto por muitos como um estilo de vida que proporciona equilíbrio e bem-estar, o yoga atende a diferentes emoções e objetivos. Por isso mesmo, existem vários estilos de yoga disponíveis hoje. Com linhas diversas tanto no jeito de praticar quanto de inserir no cotidiano, sempre vai existir aquela que se encaixa melhor à necessidade do praticante.

Em linhas gerais, fazer uma aula de yoga é como aceitar um convite para aumentar o domínio do corpo, dos sentidos, da mente e das próprias ações. Uma prática que abraça a todos que desejam conhecer a si mesmos e ver o mundo com outros olhos.

Tem interesse em conhecer mais sobre os diversos tipos de yoga, mas ainda está em dúvida sobre qual linha mais se adequa ao seu perfil? No post de hoje vamos falar sobre os principais estilos de yoga, para quais necessidades são indicados e onde praticá-los. 

7 estilos de yoga que você precisa conhecer

Desde os mais relaxantes até os mais vigorosos, existem diversos tipos de yoga. Embora não exista uma prática melhor do que a outra, ao conhecer suas particularidades e variações fica mais fácil identificar o que combina mais com o seu perfil, emoções e objetivos. 

Permita-se entender um pouco mais sobre os estilos de yoga e seus principais benefícios para assim fazer a melhor escolha para as suas necessidades atuais:

1. Ashtanga Yoga

Diferente das linhas mais tradicionais de yoga, a Ashtanga é mais intensa e desafia bastante todo o corpo físico. Por isso mesmo, é recomendada para quem deseja aumentar a concentração, ganhar condicionamento físico e flexibilidade muscular enquanto desintoxica o organismo por meio do suor.

2. Babyoga

Existem também aulas de yoga voltadas para mães com bebês. Uma prática que ajuda a fortalecer física e mentalmente as mulheres durante o puerpério e igualmente os bebês. Um momento especial para que possam se divertir e, ao mesmo tempo, relaxar juntos.

Neste momento, o Babyoga não está mais disponível no Gaya.

3. Hatha Yoga

Entre os estilos de yoga, esse é o mais clássico e popular no ocidente. Com posturas mais leves e em menor número, é indicado para iniciantes. Trabalha tanto o equilíbrio entre o corpo e a mente quanto a respiração. 

4. Iyengar Yoga

Perfeito para quem busca um trabalho mais terapêutico, o Iyengar Yoga tem como foco a permanência nas posturas. Uma linha interessante principalmente para quem busca a prática para lidar com dores na coluna e falta de alongamento em geral.

5. Kundalini Yoga

A Kundalini Yoga ajuda a despertar a energia que se concentra na região do primeiro chacra, na base da coluna. Um dos estilos de yoga que mais trabalham exercícios de respiração, contrações e gestos com as mãos. Ideal para quem busca expandir a consciência

6. Vinyasa Yoga

Dinâmico e gracioso, o Vinyasa Yoga consiste em uma sequência de movimentos como se fosse uma coreografia. Com um fluxo contínuo de posições, tem suas posturas sincronizadas com a respiração. Um dos estilos de yoga mais adequados para quem pretende aumentar a consciência corporal e reduzir o estresse.

7. Yoga Restaurativa

Yoga Restaurativa é um método de yoga terapêutico que usa materiais que trazem o apoio necessário para a permanência nas posturas e relaxamento. Assim, é muito buscada por praticantes que preferem ter essa facilidade a mais.

4 lugares para praticar yoga

Depois de identificar os principais estilos de yoga e para quais perfis são mais indicados, basta escolher um lugar para praticar suas posturas.

Veja só algumas ideias para colocar em prática assim que estiver com tempo disponível:

1. Ao ar livre

Considerada a nova febre entre modalidades coletivas, o yoga ao ar livre é feito para quem gosta de se exercitar e se reconectar consigo mesmo sem ficar em um local fechado. 

Pode ser praticado no parque, no quintal de casa ou até mesmo em uma quadra esportiva. Um momento para relaxar e entrar em equilíbrio com você, seu corpo e a natureza.

2. Em casa

Com a ajuda de aplicativos ou até mesmo de vídeos na internet, também é possível praticar yoga sem sair de casa. O único ponto desfavorável, entretanto, é que não se tem a supervisão de um profissional especializado, o que nem sempre é seguro.

3. No trabalho

Outra alternativa que nem todos imaginam é que é possível fazer yoga sem mudar o ambiente de trabalho ou o traje. Algumas posturas mais simples, podem ser realizadas, inclusive, na cadeira do trabalho para ajudar a relaxar o corpo.

Algumas empresas já reconhecem o valor do yoga e oferecem aulas para seus colaboradores, uma prática adaptada para o ambiente de trabalho que recebe o nome de Office Yoga.

4. Em um studio de yoga

No studio de yoga o praticante tem a oportunidade de experimentar diferentes estilos de yoga e aprofundar o conhecimento sobre a prática milenar. Uma experiência benéfica para quem está aprendendo e para quem já pratica yoga. Afinal, para cada emoção e objetivo existe uma linha em especial.

Ao fazer aulas ou frequentar um curso de yoga, é possível aperfeiçoar a prática e até buscar a que mais gostar. Você tem toda a liberdade de escolher o estilo a partir da emoção que está sentindo no momento ou objetivo que tem em mente.
Tem interesse em conhecer pessoalmente os diferentes estilos de yoga para escolher aquele que mais combina com você no momento presente? Venha fazer uma aula no studio de yoga do Gaya Bem-Estar, em Curitiba, um lugar para experimentar e escolher o estilo, horário e professor que melhor atendem às suas expectativas.