Blog

como meditar
Os benefícios científicos da meditação

Os benefícios científicos da meditação

Falar sobre meditação pode ser complicado para algumas pessoas…

A prática ainda é um tabu. Sua eficácia é contestada e muitas vezes desvalorizada. Mesmo com mais de 2500 anos de história e uma tradição histórica muito forte, a prática da meditação não é tão levada a sério.

Mas, quem pratica sabe do poder de transformação da meditação.

E, ao contrário do que falam por aí, a ciência já tem se dedicado a estudar mais profundamente como parar para meditar pode trazer benefícios para a vida das pessoas.

Então, praticar meditação traz benefícios para o nosso corpo, mente e espírito, comprovados cientificamente? 

Exatamente.

Se você é daquelas pessoas que precisam de benefícios práticos para inserir atividades na sua vida, agora pode apostar na meditação.

Aqui você vai entender como a meditação pode atuar na:

  1. Redução do estresse;
  2. Melhoria da insônia;
  3. Redução da ansiedade;
  4. Redução dos sintomas de depressão

Mas, calma, vamos entender juntos como a meditação pode ser benéfica para o nosso dia a dia, passando por cada uma dessas soluções.

Meditação não é milagre, é ciência

Precisamos mudar essa concepção de que meditar, trazer o mindfulness para a nossa vida, não é uma atitude que vai proporcionar maravilhas em nossa vida. 

Pelo contrário, a meditação é uma atividade que, apesar de nos abrir diversas portas emocionais e que envolvem crenças, exige bastante prática para se chegar aos objetivos.

É importante que você entenda que não é começando a meditar amanhã que a sua ansiedade vai sumir, sua depressão será curada ou que suas dores vão desaparecer. A prática constante é que vai trazer resultados positivos para a sua vida.

Vamos entender cada um dos benefícios científicos em se praticar meditação?

1. A meditação pode diminuir o nosso estresse?

Esse talvez seja o benefício mais óbvio da meditação, afinal, a principal característica é trazer a calma para a nossa rotina.

De acordo com a revista Veja Saúde, já foram feitos cerca de 370 estudos sobre meditação. Um dos estudos mais importantes, realizado pelo Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos, analisou 93 pessoas e relatou que os níveis de estresse foram reduzidos drasticamente com a prática de meditação.

Mas, muito mais do que ter uma vida tranquila, com bem-estar e menos estresse. Diminuir o nível de cortisol (um dos hormônios responsáveis pelo estresse) no nosso organismo, faz com que muitas outras doenças e problemas de saúde sejam evitados.

2. Melhoria da insônia

É cientificamente provado que a meditação pode te ajudar a dormir melhor.

Isso está muito relacionado com a diminuição do estresse, que comentamos no tópico anterior. Afinal, menos estresse e menos problemas nos geram menos preocupações para pensar antes de dormir, não é?

De acordo com um estudo da Sleep and Biological Rhythm, que acompanhou o sono de homens e mulheres entre 30 e 60 anos, as pessoas que praticavam meditação tinham ciclos maiores de sono.

3. Redução da ansiedade

O mesmo estudo que comentamos no tópico 1, também está muito relacionado a diminuição da ansiedade, nos praticantes de meditação.

Mas, ainda de acordo com o portal Veja Saúde, um estudo realizado pelo “Hospital Israelita Albert Einstein, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e o Instituto Appana Mind revelou que uma hora e 15 minutos de Yoga e meditação três vezes por semana, ao longo de dois meses, cortou pela metade a concentração de cortisol de uma turma em que a ansiedade atingia índices alarmantes, os cuidadores de doentes com Alzheimer” (Fonte: Veja Saúde).

Leia também sobre os benefícios científicos da prática de yoga aqui >

No fim das contas, tudo parece envolver o estresse, não é?

4. Redução da depressão

É claro que a meditação não é um milagre que vai fazer com que as pessoas parem de ter depressão, a ideia aqui é tornar a prática uma auxiliadora para quem sofre deste mal.

O psiquiatra Alexandre Loch, em um artigo de opinião na HuffPost Brasil, afirma:

“”E a bola da vez é a meditação. Ou “mindfulness”, que é um tipo de intervenção psicológica baseada na meditação, e que acaba sendo usada nas pesquisas por ter um formato mais ou menos fechado e mensurável.”

Para o profissional, é intuitivo que a meditação traz a sensação de bem-estar, mas, de acordo com pesquisas, ela vai além. E o fato de que há esse aumento do córtex frontal, ocasionado pela prática de meditação, é um sinal claro de saúde do cérebro.

Mas, como reforçamos logo no início do tópico, é essencial procurar ajuda profissional. No fim das contas, inserir a meditação no dia a dia só pode fazer bem, não é?

De forma geral…

A meditação mexe com o funcionamento do nosso cérebro como um todo. E, como a meditação não é apenas uma técnica, mas possui várias, é exatamente essa diferenciação que faz com que a gente traga um pouco de movimento para a nossa mente.

Cientificamente falando, de acordo com um artigo publicado pela revista Veja, a meditação aumenta a atividade do córtex cingulado anterior (uma das partes do nosso cérebro que é ligada à nossa atenção e à concentração), aumenta a atividade do córtex pré-frontal (que é ligado à nossa coordenação motora) e do nosso hipocampo (a parte que armazena a memória). Também estimula a amígdala, que regula as emoções e, quando acionada, acelera o funcionamento do hipotálamo, responsável pela sensação de relaxamento.

Ou seja, a meditação acaba interferindo em várias partes do nosso cérebro, que são responsáveis por diferentes atividades que realizamos no dia a dia.

Isso só nos mostra o quanto a meditação pode fazer bem para a nossa vida!

E aí, vamos começar a praticar?

Se o seu problema com a meditação era o fato de que a prática não trazia benefícios reais para a vida, agora a sua opinião provavelmente mudou, não é?

Claro, quem não gostaria de trazer esses benefícios todos para a rotina e ter um dia a dia repleto de bem-estar?

Então, caso você queira começar a praticar meditação, mas não saiba como, separamos um conteúdo exclusivo para você.

Clique aqui para entender o que você precisa fazer para começar a meditar! >

Esperamos que você tenha aproveitado o conteúdo! Continue acompanhando o nosso blog para mais informações sobre bem-estar e siga o nosso Instagram para ficar por dentro de todas as novidades e eventos do Gaya Bem-Estar.