Blog

As posições de yoga do Hatha Yoga
Posições de Yoga – 1º capítulo: Conheça a fundo o estilo Hatha!

Posições de Yoga – 1º capítulo: Conheça a fundo o estilo Hatha!

Conhecer diferentes estilos e posições de yoga é a melhor forma de entender quais linhas mais combinam com você e com seus objetivos de vida. 

Para começar a se aventurar pelo universo do yoga, basicamente, é importante entender que a prática não é voltada apenas para pessoas que se sentem confortáveis ao realizar posições complexas com a cabeça para baixo. Existe yoga para todos.

As portas dessa filosofia de vida milenar sempre estarão abertas para pessoas de todas as crenças, idades, nacionalidades, raças e religiões. Além disso, o praticante sempre estará livre para escolher quais estilos e posições de yoga ele se sentirá melhor em realizar.

Tem interesse em começar a praticar yoga, mas tem dúvidas sobre quais linhas melhor atendem às suas necessidades atuais? Namastê. Nós podemos ajudar, e este pode ser o começo de uma jornada esclarecedora e interessante para você. 

Preparamos uma série de conteúdos para falar um pouco mais sobre os diferentes estilos e posições de yoga existentes. Uma oportunidade para tirar todas as dúvidas sobre o tema.

No post de hoje, vamos mostrar o estilo Hatha Yoga desde sua origem até como praticá-lo, bem como  os benefícios que ele pode trazer para a saúde física e mental. Adaptável a todo tipo de pessoa, é considerado o sistema de yoga mais fácil de se praticar.

Gostou da ideia de começar a praticar yoga de um modo mais leve e simples?

Então, desejamos que este seja apenas o início de uma jornada de grandes descobertas. Vamos em frente.

O que é Hatha Yoga?

Hatha Yoga é uma linha de yoga que trabalha a plena atenção ao alinhamento entre o corpo, a mente e a respiração durante a realização das posições de yoga.

Se olharmos para a etimologia da palavra, podemos entender que “Ha” significa sol e “Tha” significa lua, em sânscrito. O primeiro termo diz respeito ao seu corpo, já o segundo à sua mente. 

Assim sendo, respectivamente, a proposta do Hatha Yoga é unir pares opostos, como é o caso da busca pelo equilíbrio entre o corpo e a mente, a matéria e o espírito. Ou seja, promover a harmonia e o equilíbrio entre a saúde física e a mental.

Também conhecido como yoga da força de vontade, é um estilo que vai além de simples exercícios físicos, pois toca o coração e a alma do praticante.

Como surgiu o estilo Hatha?

O sistema de yoga do estilo Hatha tem três vertentes indianas, uma lenda que explica sua origem e dois textos antigos que são considerados como as principais referências para essa prática.

A primeira linha diz que o Hatha Yoga foi criado pelo deus hindu Shiva em uma ilha distante e que, enquanto ele ensinava sua esposa, um peixe teria visto e transmitido a técnica para os seres humanos.

Um dos textos que também referencia seu surgimento são os Yogas Sutras, de Patanjali.

Agora, a explicação mais aceita da origem do Hatha Yoga se deu a partir do livro Hatha Yoga Pradipika. Escrito pelo iogue (praticante de yoga) Swatmarama, por volta do século 15, na Índia, a obra ajudou a difundir amplamente o Hatha Yoga pelo mundo. 

Hoje, é o sistema de yoga mais popular do mundo e também o mais fácil de praticar, pois é como se ele se adequasse ao praticante. 

Curiosamente, devido a todos esses fatores, o Hatha Yoga deu origem a várias outras vertentes e estilos de yoga:

  • Ashtanga Vinyasa Yoga: trabalha a sincronização de movimentos, posturas e técnicas de respiração;
  • Iyengar Yoga: consiste em posições de yoga com foco no alinhamento do corpo;
  • Kriya Yoga: envolve a realização de técnicas para purificar e também controlar o corpo e a mente;
  • Kundalini Yoga: ajuda a despertar a energia do praticante e a unir esse poder com a sua consciência;
  • Prakriti Yoga: mais relacionada à natureza, conecta a energia e as forças;
  • Siddha Yoga: voltada aos grandes mestres, tem mantras e meditações;
  • SwáSthya Yoga: basicamente, sistematiza o yoga antigo da década de 60.

Como é a prática do Hatha Yoga?

Praticar Hatha Yoga é concentrar a atenção unida à ação. Isto é, ao correto alinhamento corporal em cada asana (postura física). É fazer as posições de yoga estando presente em todas as suas fases, desde a entrada e permanência até a saída.

A prática do Hatha Yoga envolve um conjunto de elementos, conforme mencionados a seguir:

  • concentração;
  • exercícios de respiração (pranayamas) e meditação;
  • posturas (asanas);
  • relaxamento (dharana e dhyana).

Com sequência lenta, espaçada e longa permanência nas posições de yoga, as aulas de Hatha Yoga têm um ritmo mais lento. Dão mais espaço para que os alunos possam entrar, naturalmente, em cada postura.

Em geral, os exercícios de respiração acontecem no início da aula, sendo seguidos pela realização de posições de yoga isoladamente e pela meditação e exercícios de concentração e relaxamento. 

Quanto maior for a prática, maior será o tempo de permanência em cada postura. De acordo com o ritmo do aluno e, consequente, com o aumento de concentração, flexibilidade e força, elas vão se tornando mais complexas.

Por isso mesmo, o Hatha Yoga é indicado para pessoas mais pacientes ou que estejam buscando ter mais paciência. Então, talvez não seja a melhor escolha para quem deseja ter aulas com movimentações mais rápidas, exaustivas e variadas.

Sete posições de yoga que você pode aprender ao escolher o estilo Hatha

Praticar as posições de yoga do estilo Hatha pode ser mais simples do que se imagina. Para facilitar ainda mais a realização das posturas, separamos fotos e dicas de especialistas do studio Gaya Bem-Estar. Fique por dentro:

1. Árvore (Vrksasana)

A postura da Árvore é uma das asanas mais fáceis de fazer e, também por isso, uma das mais conhecidas posições de yoga. Como você vai perceber, na prática, seu ponto principal é gerar equilíbrio físico.

Para realizar essa posição, imagine que suas pernas vão simbolizar o tronco de uma árvore e os braços, os ramos. No entanto, as raízes devem ser criadas no solo (chão) e os braços levantados para simbolizar o nascimento dos ramos.

Em seguida, a proposta é manter o equilíbrio do seu corpo em uma perna só levantando a outra e encostando a sola do pé na coxa. Para completar, as palmas das suas mãos devem ser unir na altura do seu peito.

2. Barco (Navasana)

Assim como a posição da Árvore, a postura do Barco também é de equilíbrio. Vai trabalhar principalmente a coluna e os músculos do abdômen. É com a força da região abdominal que é possível se equilibrar durante a permanência.

Para praticar, é preciso sentar no tapete de yoga, aproximar os joelhos e erguer as pernas do chão. Tanto elas quanto as costas devem ficar em um ângulo de 45º em relação ao chão. Para finalizar, basta levantar os braços de modo paralelo ao chão e lateral às pernas estendidas.

3. Cachorro olhando para baixo (Adho Mukha Svanasana)

Para fazer essa asana, você deve abaixar as pernas e os braços até esticá-los no seu tapetinho de yoga. Eles devem ficar levemente separados uns dos outros e formando, com o tronco, um V invertido.

Curiosidade à parte, as posições de yoga Cachorro e Cobra formam a sequência conhecida como Saudação ao Sol.

4. Cadeira (Utkatasana)

A posição de Cadeira envolve joelhos dobrados no limite dos dedos dos pés e com as coxas paralelas ao chão. Para garantir uma asana correta, o torso deve ficar em um ângulo reto com as coxas, e os pés devem ser movidos juntos. Ao levantar as mãos para cima, inspire.

5. Cobra (Bhujangasana)

Outra postura fácil de yoga, principalmente para iniciantes na prática da filosofia milenar, é a posição de Cobra. 

Para realizá-la, tudo o que você precisa é: ficar de bruços, deitar-se no chão, dobrar os cotovelos posicionando as mãos abaixo dos ombros, e esticar levemente os braços com a inspiração. O peito deve levantar do chão, mas a área do umbigo, não.

Dica: para proteger a região lombar, procure contrair as nádegas durante o exercício.

6. Montanha (Tadasana)

Para sentir o poder da montanha, você deve ficar em pé, com a coluna reta, com os pés paralelos e com os dedões dos pés encostados. Olhe para frente e mantenha sua coluna em uma linha reta. Em seguida, solte os ombros para trás e direcione as palmas das mãos para frente.

7. Triângulo (Utthita Trikonasana)

Como um alongamento lateral, a asana do Triângulo é a sétima das posições de yoga que você pode explorar facilmente. 

Para fazê-la, abra as suas pernas e coloque o pé direito para fora a 90ºC do seu corpo. Já o pé esquerdo, deve ser posicionado para dentro. Enquanto isso, a bacia fica na posição frontal.

Para prosseguir com essa postura, estique o tronco para a direita e se incline para frente ou para trás, colocando a mão direita na panturrilha ou no tornozelo direito.

Cinco benefícios de se praticar Hatha Yoga

Depois de conhecer os objetivos e as posições de yoga que pertencem a esse sistema, fica mais fácil entender seus benefícios. Acredite, pode ser transformador na vida de muitas pessoas.

Confira os principais benefícios da prática do Hatha Yoga:

1. Ajuda a aumentar a flexibilidade corporal

Com a prática das posições de yoga que vimos, além de diversas outras existentes, como mostraremos nos próximos conteúdos desta série, nosso corpo ganha flexibilidade. 

Quando mais nos dedicarmos a elas, mais as articulações e os músculos perdem a rigidez causada muitas vezes por estresse e por um estilo de vida sedentário. Os ossos também se regeneram com os movimentos da prática do Hatha Yoga. O corpo fica mais elástico e a musculatura, tonificada.

2. Ensina que desenvolver o corpo é desenvolver a mente

Outro benefício que o Hatha Yoga proporciona é que funciona como uma forma de revelar limitações físicas que sequer sabíamos que existiam em nossas jornadas. Isso porque nos ensina, desde o primeiro contato com a prática, a importância de reconhecer nossas limitações.

Muitas vezes, essa limitação pode estar relacionada a um comportamento inconsciente (o que chamamos no yoga de Samskara). Então, esse sistema de yoga nos mostra que apenas quando reconhecemos e aceitamos essas limitações é que podemos melhorar a nós mesmos. Isto é, podemos nos superar.

Quando desenvolvemos o nosso corpo, mudamos nosso comportamento e, assim, despertamos o potencial que existe em nós mesmos – algo que talvez não sabíamos que tínhamos devido à limitação identificada.

3. Ensina sobre a importância do não julgamento dentro e fora das aulas

O estilo Hatha também nos ensina sobre o quanto é importante buscar a própria evolução dentro da prática sem competir com os outros. O yoga é uma filosofia de vida que leva ao autoconhecimento, então não dá espaço para julgamentos, e sim para a evolução. 

Mostra que os melhores resultados são fruto do próprio empenho e da capacidade de seguir em frente.

4. Melhora a postura do praticante

Outro ganho do praticante de Hatha Yoga é uma postura melhor, decorrente da execução de asanas adequadas, o que ainda funciona para aliviar dores de coluna e aumentar a sensação de calma e relaxamento.

5. Reduz significativamente os níveis de ansiedade e de estresse

Com os exercícios de respiração desse estilo, é possível esquecer os problemas e inspirar e expirar com tranquilidade. É um poderoso remédio para acalmar a mente atribulada pelos problemas do dia a dia e que sempre surpreende os iniciantes na prática.

O desafio do estilo Hatha é sempre manter a calma e também a força para continuar a realizar as posições de yoga correspondentes. Só assim será possível alcançar os objetivos, aumentar o bem-estar e a sensação e equilíbrio físico e mental na vida cotidiana.

Ficou com vontade de se aventurar na prática do Hatha Yoga para aumentar seu bem-estar físico e mental? Então, recomendamos que venha conhecer o Gaya Bem-Estar, nosso studio de yoga em Curitiba. Você pode participar de aulas experimentais para escolher o estilo com o qual você mais se identifica, conversar com os professores e conhecer de perto cada um de nossos ambientes.

Para continuar a conhecer outros estilos de yoga e, assim, ter certeza sobre aquele que mais se encaixa aos seus objetivos de vida atuais, fique à vontade para acompanhar os próximos conteúdos da série Posições de Yoga. Tudo a seu tempo. Quando sentir segurança para iniciar as aulas, basta nos procurar, que as portas estarão sempre abertas.