Blog

Técnicas de respiração para enfrentar o estresse e ansiedade e buscar o relaxamento.
Técnicas de respiração para aliviar o estresse e ansiedade

Técnicas de respiração para aliviar o estresse e ansiedade

Precisa descansar? Sente que a vida não está dando um tempo para você buscar um pouco de relaxamento? Os problemas estão tomando conta da sua vida, deixando o estresse e a ansiedade tomarem conta?

Calma. Respire!

A respiração é uma das principais ferramentas para enfrentar momentos de dificuldade, relacionados à ansiedade e ao estresse. E muitas pessoas não têm noção do quanto essa ação tão rotineira pode resolver esses problemas.

Enquanto isso, as crises de ansiedade se agravam cada vez mais e você simplesmente não sabe o que fazer com os efeitos que o estresse está levando para a sua vida.

Sabemos que é bem mais fácil falar…

Mas, além de procurar por profissionais que possam te ajudar a enfrentar essas situações (as crises de ansiedade precisam ser controladas e a primeira ajuda que você precisa procurar é a de um profissional da psicologia), você precisa começar a inserir técnicas e práticas que visam o relaxamento e o bem-estar na sua rotina, como as técnicas de respiração.

E, caso busque acompanhamento profissional, você vai conseguir visualizar como o tratamento psicológico também traz as técnicas de respiração como uma espécie de ajuda para os momentos de crise…

Vamos entender melhor algumas técnicas que podem te ajudar?

Cinco técnicas de respiração para te ajudar com as crises de ansiedade e com o estresse

Para não deixar a ansiedade tomar conta, separamos para você 5 técnicas de respiração para que você consiga dar conta da rotina e crie momentos de paz e de relaxamento.

1. Respiração pelo diafragma

Uma das melhores formas para relaxar é a respiração que busca a contração do diafragma. Com essa técnica você consegue trazer benefícios de relaxamento para o seu corpo, mas também para a sua circulação. Interessante, né? 

É importante que você preste atenção ao respirar contraindo o diafragma, visto que não adianta apenas contrair o abdômen. É essencial fazer isso de forma lenta e profunda, observando a sua movimentação.

Aqui, é necessário colocar uma mão sobre o peito e outra sobre o seu diafragma (abdômen), enquanto respira lenta e profundamente, é o segundo que deve estar em movimento.

Tente fazer esse movimento de seis a dez vezes por minuto. Repita o processo até se sentir relaxado(a) o suficiente. Você vai perceber quando estiver mais calmo(a).

2. Alternando as narinas

A ideia de alternar as narinas durante a respiração é uma das técnicas mais conhecidas para buscar o relaxamento. O foco aqui é fazer com que você preste atenção na sua respiração.

A técnica consiste, basicamente, em respirar por uma narina de cada vez. Para isso, basta pressionar com a ajuda do dedo indicador, a narina com a qual você não vai respirar, repetindo o processo algumas vezes.

Além de ser uma ótima forma de adquirir consciência respiratória, essa técnica de respiração também ajuda a desentupir as narinas, quando estão trancadas.

3. Respiração quadrada

A respiração quadrada consiste em mais do que inspirar e expirar, como nas sugestões anteriores. Aqui, você vai perceber que é necessário reter o ar por alguns momentos.

Para praticar a técnica da respiração quadrada, você vai inspirar lentamente contando até três segundos, segurar o ar por mais três segundos, para soltar o ar também por três segundos e depois ficar “sem ar” por mais três segundos.

Repita o processo por várias vezes para conseguir sentir os efeitos dessa técnica.

4. 7 segundos

A ideia da respiração com contagem de 7 segundos é basicamente a mesma da respiração quadrada, mas aqui você não precisará reter o ar.

Inspire contando até 7 segundos, para depois expirar também contando até 7 segundos.

5. Alongada

A técnica de respiração alongada também está relacionada à respiração quadrada, mas aqui você terá que expirar com o dobro de tempo que levou para inspirar.

Ou seja, se você inspira com três segundos, expire com seis segundos. 

Essa contagem vale para a quantidade de tempo que você decidir inspirar. Inspirou em quatro segundos? Expire em oito e assim por diante.

Atividades de bem-estar que trabalham com a respiração

A prática de yoga e de meditação também trabalham com as técnicas de respiração. Trazer essas atividades que proporcionam relaxamento são formas de trabalhar a respiração de maneira ainda mais completa. 

Busque saber mais sobre a prática de yoga e de meditação. Através delas, você consegue ter muito mais noção sobre a sua respiração, e essa consciência respiratória pode ajudar e muito no controle do estresse e da ansiedade.

(abre numa nova aba)”>Tem interesse em começar a praticar yoga ou meditação? Converse com a nossa equipe para entender como funcionam os nossos serviços aqui! >

A importância da respiração e da consciência respiratória!

Agora que você aprendeu algumas técnicas de respiração, deve entender por quê elas são importantes para a nossa vida.

É claro que, durante as situações da nossa vida, nem sempre nós respiramos corretamente. Assim como nem sempre temos consciência da forma como respiramos.

Quando estamos com medo, respiramos de uma forma completamente diferente de quando estamos cansados e assim por diante.

Mas, para que o nosso mecanismo respiratório seja trabalhado, é necessário respirar de forma ideal, pelo menos de vez em quando, para relaxarmos e trabalharmos com a nossa musculatura da caixa torácica. 

Então, comece a prestar um pouco mais de atenção na forma como você respira! Isso é essencial para levarmos uma vida mais leve.

Por isso, continue acompanhando o nosso blog para aprender mais sobre técnicas de meditação, respiração, além de outras práticas que podem te ajudar a relaxar e levar o bem-estar para o seu dia a dia.

Siga também o nosso Instagram, lá você acompanha diversas dicas de práticas que pode te ajudar!