Uma pausa para recomeçar

Uma pausa para recomeçar

Começamos o ano com novas metas e, ao mesmo tempo, continuamos sendo levados pela correria do dia a dia, pelas atribuições da casa, do trabalho. Enfim, estamos sempre ocupados.

Você já percebeu que às vezes faz coisas de forma automática, sem se dar conta do que está acontecendo? Almoça pensando nos compromissos do trabalho, trabalha pensando nas tarefas de casa e, quando está em casa, em vez de relaxar, fica planejando o dia seguinte.

Quantas vezes nos perguntamos onde estávamos que não percebemos a quantidade de comida ingerida ou aquela nova oportunidade no trabalho? O começo do ano é o momento certo para repensar as escolhas, o modo de como abrimos nossas portas e janelas e vislumbrar o que é realmente importante.

Pare e silencie a mente. Quando silenciamos podemos ouvir melhor, sentir melhor e, assim, somos banhados por todos os sons e por todas as formas. Somos mais conscientes de nossas atitudes diárias.

É mais do que o silêncio da boca, das palavras, dos sons emitidos. É o silêncio interno. Ele é fundamental para que possamos acessar nossa verdade interior, nossa verdadeira essência.

Como silenciar a mente?

Comece praticando meditação. Pare e pense no que está fazendo, tenha consciência do seu corpo, do momento. Ouça sua respiração, os sons do ambiente, perceba-se no momento presente. Tire alguns minutos do seu dia para refletir e ficar em silencio, consigo mesmo.

Além da meditação, temos no yoga uma ferramenta que auxilia de maneira muito eficaz para uma maior consciência do corpo e da mente. A prática regular proporciona equilíbrio físico e mental, força, resistência, flexibilidade, relaxa e acalma. Além de auxiliar no funcionamento de todos os sistemas do corpo.

Deixe uma resposta