Blog

meditação em casa
Meditação em casa: o descanso que a sua mente precisa

Meditação em casa: o descanso que a sua mente precisa

Sua mente está precisando de um descanso, não é mesmo? Você já cansou do noticiário, das redes sociais, das tarefas do dia a dia…

Sabemos que ficar em casa pode estar sendo complicado.

Não é a toa que muitas pessoas estão buscando formas de ocupar o tempo livre com diversas atividades…

  • Leituras;
  • Cursos gratuitos;
  • Atividades físicas;
  • Filmes;
  • Séries;
  • Música.

As atividades são variadas. Mas, o que você está fazendo para a sua saúde mental? É muito importante lembrar que a nossa mente também precisa de cuidado.

E, muitas vezes, querer ser produtivo demais o tempo todo pode fazer com que você acabe com a sensação de frustração e de ansiedade.

Por isso, buscar atividades que promovam o bem-estar e a sua sanidade mental são essenciais.

Não se culpe por estar sentindo que a sua produtividade não está como a dos outros. 

Mas, se isso te incomoda, por que não buscar soluções que te ajudem a aumentar a sua capacidade de focar nas atividades diárias?

Portanto, se você busca:

  1. Melhorar a sua capacidade de foco;
  2. Relaxar um pouco;
  3. Cuidar da sua saúde mental.

Este conteúdo é para você!

A meditação pode ser a solução que você precisa para manter as coisas em ordem. Por isso, vamos entender o que você precisa fazer para começar a meditar hoje?

Para entender melhor: as implicações da meditação na saúde mental

Com origens na cultura oriental, a meditação é uma prática milenar. Mas, durante a sua história, foi apropriada pela medicina ocidental como um excelente remédio para o estresse, a ansiedade e até mesmo a depressão.

O Brasil é um dos países mais ansiosos do mundo!

Ou seja, se meditar pode ajudar a melhorar os sintomas da ansiedade, diminuir o seu estresse e até mesmo aliviar as sensações da depressão, por que não levá-la para a sua vida?

Existem diversos benefícios da meditação. Entenda mais aqui! >

É importante deixar claro que a meditação não é nenhuma cura para qualquer doença ou transtorno, ela apenas atua como auxiliadora. Portanto, é essencial que, se você precisa de cuidados com a sua saúde mental, procure um profissional habilitado.

Mas, de qualquer forma, meditar não faz mal para ninguém! Pelo contrário.

A prática é simples, consiste apenas na respiração e concentração e qualquer um pode praticar.

Mas, por onde começar?

Quais são os segredos para conseguir meditar? Pode ser que você já tenha tentado, mas não conseguiu, certo?

Calma…

Trouxemos algumas dicas para tornar a prática da meditação realmente eficaz para a sua rotina. Dessa forma, você vai descobrir o poder de transformação que alguns minutos de meditação exercem sobre a sua vida.

Vamos lá?

Comece já: para ler este conteúdo, se acalme, sente e respire fundo. Esse já pode ser um bom início para relaxar e entender que meditação é isso: a busca por momentos de tranquilidade.

1. Reserve um tempo do seu dia só para isso

Ter tempo para a meditação é essencial. 

Você até pode pegar aquele intervalinho do home office para meditar por uns 15 minutos, mas, nós sugerimos que você separe um tempo específico do seu dia só para isso.

Meditar com pressa pode apenas aumentar a sua ansiedade. E aí o efeito é contrário, ao invés de relaxar com a meditação, você pode acabar arrumando mais um problema.

Então, que tal separar aquela meia hora antes de trabalhar? Ou aqueles quinze minutos antes de dormir? Deixa o feed das redes sociais de lado e comece a investir um pouco mais na sua saúde mental.

Se você optar por fazer de manhã, garantimos que seu dia será muito melhor. Agora, se a sua escolha for fazer à noite, com certeza o seu sono será tranquilo, além de ser uma ótima forma de fechar o dia.

2. Encontre um lugar silencioso

A prática consiste em foco e concentração, então é claro que o silêncio é necessário.

Sabemos que filhos, animais de estimação, esposa, marido, companheiro, seja lá quem for que esteja em casa com você nesse momento, pode não facilitar o encontro com o silêncio.

Mas também é por isso que você precisa reservar um tempo específico do seu dia para praticar.

Escolha aquele horário que você sabe que está todo mundo ocupado. Assim, não corre o risco de ter que interromper a prática.

3. Tenha calma…

Não ache que você vai passar uma hora meditando logo na primeira vez que for praticar. 

Praticar cotidianamente é o que faz com que você consiga melhorar e aumentar o seu tempo de meditação. 

Comece aos poucos:

  1. Comece com 10 minutos por dia;
  2. Quando sentir que está na hora, passe para 20 minutos;
  3. Depois vá aumentando gradativamente…

É essencial que você entenda que não existe um tempo ideal para praticar. Se você se sente bem com 15 minutos de meditação por dia, continue assim. Se acha que 1 hora é o ideal, faça uma hora.

4. A música pode ser uma aliada

Ok, falamos agorinha que o silêncio é necessário para a prática de meditação…

Calma! A música pode ser uma aliada quando é algum som que tranquiliza, ajudando a mente a entrar em um estado de relaxamento mais profundo. Nada de um rock pesado ou um funk… A intenção aqui não é agitar o cérebro.

Sons de pássaros, o som da chuva, músicas instrumentais relaxantes. Existem diversas playlists disponíveis por aí.

5. Preste atenção na sua respiração

Assim como para o yoga, a respiração é essencial para a meditação. 

Através dela é que você vai conseguir relaxar, além de que, ao prestar atenção nela, conseguirá esvaziar a cabeça de pensamentos. Você ocupa a mente com a forma como você respira.

Mas não ache que você não pode pensar em nada! Pelo contrário, vão surgir diversos pensamentos na sua cabeça.

Aceite-os, deixe-os passar.

6. Que tal uma companhia? (mesmo que distante)

Uma companhia pode te ajudar a inserir a prática na sua rotina! 

Converse com seus amigos para saber se mais alguém está interessado em começar a praticar meditação. Assim, vocês podem podem marcar um horário, cada um na sua casa, e meditar juntos.

Fica mais fácil, não é?

7. Persista

Não desista da prática porque acha que não consegue.

Muitas pessoas acabam desistindo antes mesmo de tentar! Por isso, a persistência é essencial.

Como já comentamos aqui, comece aos poucos, só assim você vai conseguir evoluir e encontrar o verdadeiro sentido de praticar a meditação. Vamos um dia de cada vez?

8. Dica extra: procure por mais dicas e referências

É essencial que nesse início você busque por referências que possam te guiar na prática e te mostrar os melhores caminhos.

Por isso estamos aqui!

No nosso Instagram você consegue acompanhar diversos conteúdos sobre a prática de meditação, além de outras dicas sobre bem-estar.

Vamos meditar?

O que você achou? Essas dicas foram úteis para você? Então compartilhe com aquele amigo ou amiga que também está tentando encontrar na meditação, um momento de relaxamento e bem-estar.

Qualquer dúvida, estamos aqui para te ajudar!